3 de set de 2010

Viva a diferença

O que seria do mundo, se fossemos todos iquais? O que seria do mundo se não houvesse diferença? Talvez as pessoas não tivesse consciência.
O que seria do mundo se tivessemos as mesmas idéias? Ninquém poderia obter conhecimento, pois é a cada idéia, que se conquista um avanço! O melhor é sempre poder fazer a diferença aonde quer que esteja, não precisa ser "Fisicamente", pode ser de qualquer outra maneira.
O desafio de inclusão das crianças com Sindrome de Down:
No meu ponto de vista a Sindrome de Down acontece om o desenvolvimento da herança genética, dos pais para seus filhos. Existem momentos da vida em que ocorre o risco mais alto da doença. Sabemos que pessoas como estas e també com um outro tipo de deficiência fisíca sofre um grande preconceito por parte da sociedade, seja na família, na escola e etc. Por isso a inclusão dessas pessoas é importante, isto se chama inclusão social. Mais vale destacar os grandes obstáculos que enfrentam, como por exemplo, empregos, respeito e principalmente apoio. Vale citar um fato: Quando estamos andando na rua, e vemos um cadeirante a primeira coisa que fazemos é ficar olhando em sua direção sem parar. ERRADO, olhar só vai fazer que ele tenha uma visão errada a seu respeito, o certo é ajudar, ser prestativo quando preciso. Então seja solidário, e aprenda a "viver com a diferença". Lembre-se Ser diferente é normal!

Quem não respeita o outro, não tem lugar neste mundo.

3 comentários:

azuleletrico disse...

realmente amr, ser diferente é o qe há *--*

Agatha S. disse...

Adorei o post, super realista.
Beijos
http://agathasplace.blogspot.com/

Blog de Natália Gaffree disse...

Me apaixonei pelo teu blog.
Quando eu crescer quero ter um que nem o teu ei haha

espero que as pessoas entendam um pouco do que tu quiz falar pois esse é um assunto que as pessoas fingem que aceitam mas no fundo carregam esse preconceiro inútil.
Amei mesmo de coração.
Beijos
Natália Gaffrée